Introdução

(Informações e conceitos básicos)

As velas sempre foram objetos muito ligados à religião ou usados simplesmente na iluminação de um recinto. Mas, ao longo dos anos, foram adquirindo outras características, tornando-se um item decorativo elegante e personalizado. Entre os vários tipos de velas aromáticas, coloridas ou figurativas, há opções para os mais variados gostos e ambientes. E, o que é melhor, são muito fáceis de fazer e tornar seus presentes e brindes inesquecíveis.

Fazer velas pode ser, além de um excelente hobby, uma fonte de lucros, ser algo terapêutico para quem as confecciona ou para quem as adquire e, ao acendê-las, entrar em contato com energias positivas.

Evolução da vela na humanidade

As velas mais antigas eram feitas de gordura de animais envolta em tecidos ou fibras vegetais e eram utilizadas para a proteção e iluminação nas cavernas.

No Egito, os óleos com um pequeno pavio de tecido mergulhado eram muitos comuns e já ornamentavam os templos e pirâmides.

No século 13, na França perpetuou-se a tradição de receber artesãos que viajavam, de casa em casa, confeccionando peças feitas de gordura de baleia.

Já entre os romanos era usada cera de abelha, sendo considerada um símbolo de poder para os imperadores, que exigiam as estampas dos seus rostos como enfeite nas velas e arranjos.

Na segunda metade do século 18, a companhia de gás de Londres utilizou como combustível o espermacete na iluminação pública – uma substância retirada dos cetáceos que queimava lentamente e, claro, gerava menos custos à administração pública.

A parafina, de que são compostas as velas modernas, só apareceu em 1854. Atualmente são usadas a estearina e a parafina, ou misturas destas substâncias derivadas do petróleo. A cera de abelha, considerada mais nobre e pura, ainda é utilizada, mas em menor escala.

Objetivo do Curso

O objetivo deste manual é ajudar as pessoas a aprender a confeccionar velas artesanais. Espero que você realize o seu sonho e tenha os melhores resultados pois aposto na sua criatividade. Bom curso e aproveitamento.

Estarei a sua disposição para qualquer esclarecimento.

Um abraço Rosana

Um comentário:

Fabricio disse...

Olá Rosana muito boa as dicas que vc colocou em seu blog, foi de uma grande importância ler suas matérias, gostaria de saber com que frequência vc publica novas informações sobre a fabricação de velas artesanais, obrigado!
fabricioambrosi@hotmail.com